Notícias


"Guia de Educação Financeira no Ambiente de Trabalho"

O Guia foi desenvolvido por André Massaro, escritor de livros de finanças e investimentos e um dos mais reconhecidos especialistas em finanças pessoais e educação financeira do Brasil,

Já está disponível para download o “Guia de Educação Financeira no Ambiente de Trabalho”, ebook gratuito criado para orientar empresários, executivos, profissionais de recursos humanos e assistentes sociais sobre a implementação e os benefícios de ações de educação financeira no ambiente de trabalho.

O Guia foi desenvolvido por André Massaro, escritor de livros de finanças e investimentos e um dos mais reconhecidos especialistas em finanças pessoais e educação financeira do Brasil, e conta com apoio institucional de importantes organizações e associações profissionais como a ABRH-SP (Associação Brasileira de Recursos Humanos – São Paulo), ABTD (Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento) e ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade). O guia orienta as empresas e outras organizações sobre como implementar ações e programas de educação financeira com o objetivo de capacitar funcionários e colaboradores para melhor gerir suas finanças pessoais.

Segundo André Massaro, existem estudos e pesquisas que mostram que as angústias financeiras são o maior causador de stress na sociedade, responsável por enormes perdas, inclusive financeiras, nas empresas. Um desses estudos, talvez o mais importante, é o “Stress in America”, da Associação Americana de Psicólogos. Em todas as edições da pesquisa (que é anual), com exceção da primeira, o fator “dinheiro” vem em primeiro lugar como causa de stress. “O objetivo é sensibilizar o profissional responsável pela administração dos recursos humanos sobre a importância da educação financeira e para os benefícios que ela pode trazer à empresa e aos funcionários“. “O conteúdo presente no Guia oferece o ‘passo a passo’ de como estruturar um programa de educação financeira”, destaca André Massaro.

  O especialista explica que algumas empresas já desenvolvem  programas de educação financeira, pois perceberam que na prática, as  decisões financeiras de seus empregados e colaboradores impactam negativamente nas atividades e causam  perdas de produtividades, acidentes de trabalho, conflitos internos e aumento nos gastos com saúde decorrentes do stress. “O meu objetivo com o ‘Guia de Educação Financeira no Ambiente de Trabalho’ é mostrar ao profissional que pretende desenvolver um programa de educação financeira na empresa como fazê-lo, de forma a buscar a maior eficiência possível e com o mínimo de riscos”.

 André Massaro afirma que a aplicação da educação financeira nas corporações é um “metabenefício”, pois ela potencializa, transforma e amplifica os efeitos de outros benefícios.  Ele explica também que, outro ponto importante, é que a empresa que investe em educação financeira está, indiretamente, investindo em famílias mais equilibradas, com mais qualidade de vida e em consumidores mais conscientes.

O funcionário, ao receber uma educação financeira de qualidade, consegue obter um maior valor real por seu salário (que é, de fato, a maior contrapartida que recebe pelo trabalho) e pelos benefícios. Há também benefícios intangíveis como maior qualidade de vida, menor stress e maior capacidade de investir em seu desenvolvimento profissional e pessoal. A educação financeira está altamente associada ao consumo consciente e à sustentabilidade, e ao investir nela, a empresa sinaliza que está comprometida com os funcionários e com a sociedade como um todo.

A seguir, confira o sumário do Guia de Educação Financeiro no Ambiente de Trabalho:

 

Parte 1 - O que é educação financeira e por que se importar com isso

A ligação entre dinheiro e stress

Finanças pessoais e seu impacto nas empresas

Educação financeira: O que é e o que não é

O papel das empresas na educação financeira

 

Parte 2 – Benefícios para o empregador e para os funcionários

Um metabenefício

Benefícios para o empregador

Benefícios para o funcionário

Qual o ROI (retorno sobre investimento) da educação financeira no ambiente de trabalho?

 

Parte 3 – Estruturando e implementando um programa de educação financeira

Qual o objetivo do programa?

Qual é o público

O planejamento do programa

O desenvolvimento do programa

Testando o programa

Aplicando o programa

Avaliação e feedback

Educação continuada

O perfil ideal do educador financeiro

 

 

SOBRE ANDRÉ MASSARO - André Massaro é educador financeiro, consultor e especialista em finanças pessoais, com larga experiência no desenvolvimento e implementação de programas de educação financeira e previdenciária em empresas, órgãos públicos, entidades sem fins lucrativos e instituições de ensino.

Atua como palestrante, conferencista, instrutor e facilitador para temas de finanças, investimentos e economia. É também professor de finanças em cursos de pós-graduação e professor do Instituto Educacional BM&FBovespa.

É autor do blog “Você e o Dinheiro” do portal EXAME, além dos livros MoneyFit (Matrix Editora), Por dentro da bolsa de valores (Matrix Editora) e “Dinheiro é um santo remédio” (Editora Gente).










ANEFAC Congresso ANEFAC Troféu Transparência Profissional do Ano Pesquisa de Juros Associe-se Contato
São Paulo

(11) 2808-3200

Rua 7 de Abril, nº 125 - Cj. 405 - 4º andar - República
São Paulo - 01043-000


eventos@anefac.com.br
Rio de Janeiro

 (11) 2808-3200




Campinas

(11) 2808-3200




Curitiba

 (11) 2808-3200




Salvador

 (11) 2808-3200





© ANEFAC. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo da ANEFAC. Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei. All rights reserved. Site desenvolvido por Acessa Brasil Internet